Main menu

EJazzITE (8)

Resumo

Tendo como ponto de partida a obra Think of Jazz de Jesus Santandreu, apresentada pela Orquestra de Sopros da Escola Superior de Música de Lisboa no seu programa temático Jazzy Winds IV, o presente artigo pretende demonstrar a importância que assumem as relações rítmicas na obra e como estas podem ser abordadas na perspectiva performativa do maestro.
Serão apresentadas breves reflexões sobre as problemáticas associadas à prática de uma linguagem mais jazzística por músicos da área erudita e abordadas as questões interpretativas como desafio do maestro, numa estreita relação com a partitura de uma obra.

Palavras-chave: orquestra de sopros, jazz, Jesus Santandreu, relações rítmicas, número 5.

Abstract

Através do presente trabalho pretendo debruçar-me sobre o conceito de ilusão rítmica, aplicado à composição e improvisação no contexto do jazz e da música improvisada. Em traços gerais, defino ilusão rítmica como a falsa percepção da pulsação, métrica, andamento ou qualquer outra componente rítmica de uma peça por parte de quem a ouve. 

Esta investigação encontra-se dividida em duas partes: um breve enquadramento do conceito de ilusão rítmica e a análise detalhada de 3 composições criadas para este projecto artístico e da aplicabilidade dos mecanismos de ilusão rítmica nas mesmas.
O processo de pesquisa incluiu a análise de obras literárias sobre ritmo na música e também sobre a história do jazz, assim como a audição de discos de jazz nos quais é desenvolvido o conceito de ilusão rítmica.
Como resultado da pesquisa efectuada surgiram composições originais para piano, contrabaixo e bateria, através das quais pretendo explorar novas abordagens rítmicas não só em contexto composicional como também em situação de performance e improvisação.

Keywors: rhythm, composition, improvisation, contemporary jazz, piano, trio

Abstract

The main purpose of the conference held by Prof. Eric Ineke (Royal Conservatory at The Hague) at Escola Superior de Música de Lisboa in November 5th, 2019, was to discuss and share material on the impact of drummer Mel Lewis (1929-1990) in the context of the history of jazz.
According to Prof. Ineke: “his contribution to the music was the fact that he was able to create a small combo feel within the context of a big band. There was always interaction with the solists and the rhythm section, like a small combo, which was not common before in big bands like Count Basie, Woody Herman and Duke Ellington’’.

Keywords: Mel Lewis, drums, swing, big band, jazz

Abstract

The original lullaby melody from Brazilian folk repertoire is the unifying element that brings the development of the piece and its form together, from the first introduction of a fragment, to the climax, where it is finally played in its entirety. This article analyzes some of the compositional elements that were used in Lullaby #4, such as modal harmonies, pan-diatonic voicing textures, polychords, polyrhythmic structures, metric-modulations, jazz, pop, and Latin rhythmic influences, as well as odd meter treatments of traditional rhythms, cross-sectional and layered orchestrations, while also discussing featuring two improvised solos by members of the ensemble. The different elements of the piece are analyzed as they happen in real time, in order to match the video performance, and illustrate the piece’s organic development. Specific performance and conducting elements are also addressed as part of, as well as influencing the overall performance outcome.

 Keywords: Lullaby#4, big band, large ensemble, brazilian jazz

Pesquisa